Edleuza
Slide 75

Quer ver duas palavrinhas campeãs das confusões gráficas e fonéticas em muitos textos por aí?


Pluvial e fluvial.


Existe gente que já foi pro túmulo sem saber a (sutil) diferença de significado entre elas. Mas, veja só, o genial poeta Augusto de Campos, um dos criadores da denominada poesia concreta, encontrou uma maneira muito inteligente de explicar o significado desses dois vocábulos:


- pluvial, significa água de chuva, descendo de cima para baixo, na vertical;


- fluvial, por sua vez, corre na horizontal, fluindo, fluindo... como se fossem as águas de um rio...



Poesia pós-tudo. pluvial / fluvial. Augusto de Campos. In: Viva Vaia. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1979.


Só sei que seja de chuva (pluvial) ou de rio (fluvial), estamos precisando urgentemente de água por aqui!!!


A umidade do ar está baixíssima, nossa cidade está muito seca esses dias... e a previsão é de que a "sequidão" continuará durante a semana toda. Valha-me, Deus!



Marcadores: | edit post
3 Responses
  1. A água está tão rara que estão comprando o leite a exorbitantes R$0,50, retiram a água e vendem-na a meros R$ 1,00 por copo.
    Agora, algumas personalidades podem encher suas piscinas com leite.
    Edleuza, voltei e estou assumindo o posto.
    Abraços.


  2. Edleuza Says:

    Ehhh! Bem-vindo de novo, Altamirando!


  3. Anônimo Says:

    Muito obrigada,me ajudou mtu!!


Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails