Edleuza

"Ao meu pai, Antônio, pela possibilidade do êxodo e da sobrevivência."

No próximo domingo será comemorado o Dia dos Pais. Atualmente, esta é uma das datas em que telefono pra ele para conversar um pouco e expressar-lhe carinho e gratidão.

Devido à distância, não temos tido contato há um bom tempo... Na verdade, se eu dissesse que durante toda a vida tivemos sempre um relacionamento próximo, aberto, estaria mentindo. Entretanto, várias características muito fortes e positivas de sua personalidade ficaram bastante marcadas em minha memória, e por essas e outras é que o admiro.

Homem forte, corajoso, muito responsável com seus compromissos, protetor, organizado e caprichoso no que fazia. Para o bem-estar da família, era capaz de virar a noite assentando piso ou construindo um guarda-roupa, com as próprias mãos, peça por peça... De tudo, é isso que fica, o que uma pessoa doa aos que ama.

Parabéns, pai, pelo seu dia.




Marcadores: | edit post
5 Responses
  1. Este será o segundo dia dos pais que eu passo sem o meu.Prestei-lhe uma homenagem no "O lado ou a parte" enaltecendo as suas qualidades transmitidas a sua descendência.
    Hoje, com sua ausência, fico sem entender a razão da frase que não foi dita, o abraço que não foi dado, o conselho que não foi ouvido e porque acompanhei o caminho que me foi traçado.


  2. Ebenézer Says:

    Você deixou de citar duas grandes características de seu pai:
    (1) Decidido
    (2) Determinado


  3. Que texto bonito!
    Gostei!! =D

    Beijos


  4. Que belo, Edleuza!
    E vá ver seu pai quando puder.
    Parabéns pra ele!
    Beijos em vc.


  5. Edleuza Says:

    Obrigada, pelos comentários.

    Telefonei pra ele, conversamos... foi muito bom - afinal, não basta ter pai, tem que ligar.

    :)


Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails