Edleuza

E por falar em palavras homófonas
(que têm o mesmo som, mas a escrita é diferente)

... tem um santinho querendo fugir da cela!

cela = cadeia, prisão
sela = peça de couro posta sobre o lombo da cavalgadura: "Coloque a sela no cavalo, por favor".


Edleuza
"Se o pássaro está morto, logo..." (olha só pra onde o moço está olhando...).

Risos à parte, esse personagem (não sei se desligado somente...), pode muito bem representar alguns dos memoráveis momentos em que, sem querer, damos umas gafes de raciocínio, nas mais variadas situações da vida.

Tudo bem que existem aqueles seres humanos iluminados, que estão sempre vivos, ligados ao mundo que os cerca, e que dificilmente cometem algum deslize. E quando o fazem, saem-se tão bem da situação, que a gente acaba nem percebendo o que aconteceu. Ai, que inveja!...


Edleuza

Esse está pronto pra dar uma voltinha no Rio...
Edleuza
O verão está chegando... Que tal?
Edleuza
Edleuza
Assisti ontem a essa mesma reportagem, na tv. O que me toca e entristece, nesse e em tantos outros casos absurdos, é a reincidência da tragédia humana...
Na madrugada de sábado, o médico plantonista Amauri Carlos Bassani, que apresentava sinais de embriaguez, foi detido após agredir um casal e maltratar uma idosa que esperavam atendimento no pronto-socorro de Riacho Grande, em São Bernardo do Campo, no ABC. Após ferir gravemente o dedo, o cozinheiro Tiago Aparecido Cravo, de 20 anos, foi fazer um curativo no PS, acompanhado da mulher, a auxiliar de cozinha Karen Cristina da Silva Alves, 21.

Segundo ela, depois de esperar uma hora por atendimento, pediu para a enfermeira chamar o médico. “Ele estava dormindo em uma salinha e saiu furioso, chutando cadeiras. Deu para ver que estava bêbado porque começou a me xingar dos piores palavrões. Aí eu disse: ‘Se quiser dormir, vai para casa’. Depois, ele me deu dois socos”, conta ela, que teve escoriações no queixo.

Procurado em casa, Bassani não foi encontrado. Já a Secretaria de Saúde de São Bernardo disse que vai apurar os fatos, e afastou o médico do cargo. (Diário de São Paulo, 25/10/09, por Karina Lignelli)

Edleuza
"Gente, por favor, alguém poderia me tirar logo dessa cela?"
(Coisa mais fofa!...)



Edleuza

Controvérsias


O jovem tem a força
O velho, a sabedoria
E a vida?
A vida tem
a eterna impotência
fria
de não poder unir os dois

(Edleuza)
Edleuza
Edleuza
Em nossa língua existe um grupo de palavras denominadas Homônimas (não, não... não tem nada a ver com sabão em pó...). Homo, com -H, quer dizer o mesmo, igual, semelhante. Homônimas, portanto, são palavras que possuem ou a mesma grafia (escrita) ou o mesmo som.

Assim, quando uma receita pede uma
massa homogênea, quer dizer que esta precisa ficar por igual, com a mesma textura. Ou, se conheço uma pessoa que se interessa romanticamente por uma pessoa do mesmo sexo, posso deduzir que se trata de um homossexual.

As palavras que possuem a mesma grafia (escrita igualzinha, sem tirar nem pôr) são chamadas de Homônimas Homógrafas, e o significado de cada uma delas é facilmente percebido pelo contexto. Veja que simples:

1) "A conversa está boa, mas preciso me levantar logo desse banco e ir pagar essa conta antes que o banco feche!" (banco, assento / banco, instituição financeira)

2) Quantos sentidos pode assumir a palavra ponto (acima), uma legítima homônima!


Já as palavras que possuem o mesmo som são chamadas de Homônimas Homófonas e distinguem-se, necessariamente, pela escrita:

1) Mal chegamos à praia e já percebemos o mau tempo: choveu o feriado inteiro! (mal, advérbio / mau, adjetivo, contrário de bom)

2) Será que um coração ferido tem conserto? (conserto, reparo / concerto, apresentação musical)

Há dezenas de pares de palavras Homófonas em nossa língua. E nossos artistas e poetas utilizam-se constantemente da riqueza e variedade que nosso português tão brasileiro nos oferece. É o que faz o Veríssimo na crônica a seguir, onde joga de maneira muito inteligente e bem-humorada com as palavras preSSão e preÇão - é muita criatividade pra uma pessoa só!!


(...)

(As reticências entre parênteses indicam que omiti uma pequena parte do texto. Numa próxima postagem explicarei o porquê)





Edleuza
Desde que o homem é homem, se observarmos bem, é possível notar algumas tendências próprias da natureza humana, que em sua maioria precisam ser melhor direcionadas, lapidadas, polidas... para que a gente possa ter uma convivência mais saudável e amistosa consigo mesmo e com o outro.

Uma dessas propensões inerentes ao ser humano é o querer estar em destaque no mundo, o "precisar" sentir-se melhor ou mais importante que seus pares.

Veja como a historinha abaixo ilustra bem essa vontade de ser especial:




Edleuza
Não importa em que língua ou de parte do mundo... mulher já nasce falando. Muuuuuiiito bom!


Edleuza
Uma boa maneira de fazer o cérebro funcionar!

DIVIRTA-SE! Clique no link abaixo e tente cercar o gato.

cid:029301ca203a$50c4d7b0$7702a8c0@Zenir

Edleuza
Esse poema do Bandeira e o vídeo do Palavra Cantada (Sandra Peres e Paulo Tatit) são uma verdadeira obra de arte, uma graça! Retratam os eternos laços um tanto "amigáveis" entre irmãos, na infância, que quase sempre parecem tão contraditórios. Mas quem já conviveu com um, dois, três, cinco (...) irmãos, menores ou maiores, sabe que as briguinhas e desavenças fazem parte do pacote, e o amor também!!

LINDAS obras, vale a pena ver, ouvir, rir... relembrar o tempo de criança!

(Márcia Haydée e Angela, em homenagem a vocês que daqui a pouquinho verão ao vivo e em cores essas coisinhas deliciosas da vida. Um bj!)


Irmão Menor


(Pedro Bandeira)


Irmão menor
é pior
que catapora.

Irmãozinho
é pior do que carniça,
é pior que injeção.

Mexe no que é meu,
rabisca meu caderno,
perde meu carrinho,
e eu fico de castigo
se lhe dou um safanão.

É praga, é prega,
é sarampo, é varicela!

E não venha
achar estranho,
só porque dei uma surra
no danado do moleque
que xingou o meu irmão.

Eu posso xingar.
Os outros não.


(BANDEIRA, Pedro. Cavalgando o arco-íres. São Paulo: Moderna, 2002)





(Palavra Cantada: excelente trabalho musical e linguístico! Vale a pena conferir outras músicas do grupo)



Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails